Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Cartões de débito vão custar mais 20%

  • 333

Anuidade dos cartões multibanco vai subir. CGD e Novo Banco já fixaram novos preçários. Banca está a transferir para os clientes particulares os custos que têm com os meios de pagamento, depois de Bruxelas ter descido as taxas cobradas aos comerciantes

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) e o Novo Banco aumentaram em três euros o preço da unuidade dos cartões de débito. Um aumento de 20%, acima da inflação e da maioria dos aumentos previstos para 2016, e que deverá ser seguido pelas outras instituições bancárias, diz o "Correio da Manhã" na sua edição desta terça-feira.

A anuidade do cartão multibanco, assim conhecido, está agora acima dos 18 euros, no caso da CGD, e de 17 euros, no caso do Novo Banco. "O acréscimo de três euros no valor da anuidade dos cartões de débito enquadra-se no habitual processo de atualização de preçário que ocorre todos os anos", diz fonte da CGD.

Segundo fontes do sector da banca, as instituições estão a transferir para os seus clientes particulares os custos que têm com os meios de pagamento, depois de a Comissão Europeia ter decidido reduzir as taxas pagas pelos comerciantes. Assim, as taxas cobradas aos comerciantes estão limitadas a 0,2% do valor da operação para os cartões de débito e 0,3% para os cartões de crédito.

Para Bruxelas, as poupanças dos comerciantes deverão ser repercurtidas aos consumidores. Contudo, a banca parece ter ideias diferentes e pretende repartir com os seus clientes os custos com os meios de pagamento.