Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Europa fecha no vermelho. Preço do Brent afunda-se quase 3%

  • 333

Os índices das bolsas de Frankfurt e Milão lideraram as quedas desta quarta-feira com perdas superiores a 1%. Índice PSI 20, da bolsa de Lisboa, desceu hoje 0,37%. Preço do Brent cai para 36,7 dólares

Jorge Nascimento Rodrigues

A Europa abriu e fechou esta quarta-feira no vermelho. Os índices MIB e Dax, das bolsas de Milão e de Frankfurt, lideraram as quedas nas principais praças financeiras europeias, com perdas de 1,12% e 1,08% respetivamente. O índice PSI 20, da bolsa de Lisboa, fechou a perder 0,37% e o Ibex 35, da bolsa de Madrid, caiu 0,29%. O índice MSCI para a Europa perdeu 0,51%.

A marcar o dia nos mercados financeiros, a trajetória de descida do preço do barril de petróleo com uma queda de quase 3% até às 17h (hora de Portugal), depois de subidas de 2,2% e 1,5% na terça-feira respetivamente nas cotações do Brent, variedade europeia de referência internacional, e do WTI, variedade norte-americana. Na sessão europeia, o preço do Brent desceu para 36,74 dólares pelas 17h (hora de Portugal).

As notícias do dia nos mercados do crude passaram pelas declarações do ministro dos petróleos saudita que reafirmou aquilo que há muito se sabe sobre a estratégia do país líder do cartel da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) e depois pela divulgação dos inventários semanais de stocks de barris nos Estados Unidos.

O ministro Ali al-Naimi repetiu que a Arábia Saudita manterá a sua política de produção destinada a manter a pressão máxima sobre os outros produtores de dentro e de fora do cartel com custos mais elevados, garantindo uma dinâmica de excedentes na oferta mundial.

A Energy Information Administration dos EUA divulgou hoje que o inventário de stocks de crude subiu na semana passada em 2,6 milhões de barris face às previsões de uma redução de 2,5 milhões de barris por parte dos analistas.

Aquando do fecho da sessão europeia, os índices em Wall Street e no Nasdaq continuavam no vermelho.