Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Maré verde nas bolsas de Ásia e Europa

  • 333

As bolsas da Ásia Pacífico fecharam com ganhos e a abertura nas principais bolsas europeias regista avanços esta terça-feira. O índice PSI 20, da Bolsa de Lisboa, abre a subir 0,2%. Depois de uma segunda-feira de fortes quebras, preço do petróleo fica hoje mais caro

Jorge Nascimento Rodrigues

As bolsas da Ásia Pacífico fecharam esta terça-feira em terreno positivo, com a bolsa de Sidney a liderar as subidas, após um feriado.

Depois de uma segunda-feira em que a região ficou ligeiramente acima da linha de água, com o índice MSCI a subir apenas 0,03%, a Ásia Pacífico registou hoje ganhos em todas as principais bolsas, com exceção da bolsa de Taipé, cujo índice caiu 0,77%. Depois de uma segunda-feira de quebras superiores a 2% nas duas bolsas chinesas, o índice composto de Xangai ganhou 0,85% e o similar para Shenzhen avançou 0,95%.

Em Tóquio, a terceira mais importante bolsa do mundo depois do NYSE e o Nasdaq em Nova Iorque, o índice Nikkei 225 subiu 0,58% e o TOPIX ganhou 0,93%.

A Europa abriu em terreno positivo, com Paris. Amesterdão e Frankfurt a liderarem as subidas entre as principais bolsas e com o regresso de Londres, cuja bolsa esteve fechada na segunda-feira em virtude de feriado em toda a Commonwealth. O índice Eurostoxx 50 (das cinquenta principais cotadas da zona euro) iniciou a sessão a ganhar 0,79% e o índice PSI 20, da Bolsa de Lisboa, arrancou com um ganho de 0,2%.

O índice Ibex 35, da Bolsa de Madrid, abriu a subir 0,66%, sem que a incerteza política sobre a formação do próximo governo tenha desaparecido do horizonte. O Comité Federal do PSOE, o segundo partido mais votado nas eleições legislativas de 20 de dezembro, decidiu na segunda-feira manter o “não” à passagem no Congresso de Deputados de um governo de iniciativa do Partido Popular, o partido de governo incumbente e mais votado nas eleições. O PSOE, no caso de o PP não conseguir formar governo, nem mesmo com maioria simples de apoio parlamentar em janeiro, aceitará o mandato para procurar um governo alternativo, tendo colocado como linha vermelha a não aceitação de um referendo sobre a independência da Catalunha.

A Europa e os Estados Unidos fecharam na segunda-feira no vermelho com os índices MSCI a registarem perdas de 0,36% e 0,22% respetivamente. Em virtude do peso negativo da Europa, EUA e China, o índice MSCI mundial encerrou, ontem, com perdas de 0,2%.

Os futuros em Wall Street estão, também, em terreno positivo.

Depois de uma quebra de 3,5% no preço do barril de petróleo de Brent e de 3,6% no preço do barril de petróleo WTI (de referência norte-americana) na segunda-feira, a trajetória do preço desta importante matéria-prima regressou às subidas, mas os níveis de preços mantêm-se abaixo de 37 dólares.