Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsas dos dois lados do Atlântico no vermelho

  • 333

Wall Street e Nasdaq abriram em terreno negativo e Madrid lidera quedas nas principais bolsas do continente europeu. Preço do barril de Brent desce quase 3%

Jorge Nascimento Rodrigues

As bolsas de Nova Iorque abiriram esta segunda-feira em terreno negativo com os índices de Wall Street e do Nasdaq, a bolsa das tecnológicas, no vermelho. Na abertura, pelas 14h30 (hora de Portugal), os índices Dow Jones 30 e S&P 500 recuavan 0,47% e 0,49% respetivamente. O índice do Nasdaq perdia 0,4%.

As principais bolsas do continente europeu, que haviam aberto em alta, inverteram a trajetória durante a sessão da manhã e estão em terreno negativo com o índice Ibex 35 da bolsa de Madrid a liderar as quedas registando perto de 1%. O índice PSI 20, da bolsa de Lisboa, perdia mais de 1% à hora em que abriam as bolsas de Nova Iorque. A exceção, entre as principais praças financeiras, é a bolsa de Zurique que registava um ganho de 0,5%. A bolsa de Londres está fechada em virtude de ser feriado em toda a Commonwealth (que, também, abrange a Austrália, Canadá e Nova Zelândia).

O preço do barril de petróleo acentuou a descida ao longo da sessão desta segunda-feira, tendo já caído 2,7% no caso do Brent e 3% no caso do WTI, variedade norte-americana. O preço do Brent desceu para 36,81 dólares pelas 14h30. O preço do WTI continuava acima, cotando-se em 36,94 dólares. Na semana passada, os preços do Brent e do WTI haviam subido 2,8% e 9,8% respetivamente. O mínimo do ano está em 35,98 dólares registado durante a sessão de 22 de dezembro. Um preço tão baixo não se registava desde dezembro de 2008.