Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

BCE anunciou que ia retirar financiamento ao Banif

  • 333

Getty Images

Banco Central Europeu avisou Portugal que ia retirar o estatuto de contraparte ao Banif nesta segunda-feira, o que acabou por ditar a venda do banco nas condições anunciadas pelo Governo, segundo apurou o Expresso

O Banco Central Europeu (BCE) comunicou na quarta-feira às autoridades portuguesas que ia retirar o estatuto de contraparte ao Banif esta segunda-feira, decisão que ditou a venda do Banif ao grupo espanhol Santander.

Ao perder o estatuto de contraparte, o banco deixa de ter acesso a financiamento europeu, situação que já tinha ocorrido em julho de 2014 ao BES e que acelerou a queda deste banco.

No domingo à noite, o Banco de Portugal anunciou a resolução do Banif, através da qual o Santander fica com um conjunto de ativos e passivos do banco, desembolsando para isso 150 milhões de euros. Como tal, o BCE acabou por não avançar com a retirada do estatuto de contraparte, na medida em que o Banif deixou de existir com a medida de resolução anunciada.

O primeiro-ministro, António Costa, disse pelas 23h50 de domingo que a solução do Banif “tem um custo muito elevado para os contribuintes, mas é a que melhor defende o interesse nacional". O Banco de Portugal clarificou que “a operação envolve um apoio público estimado de 2,255 mil milhões de euros que visam cobrir contingências futuras, dos quais 489 milhões de euros pelo Fundo de Resolução e 1,766 mil milhões de euros diretamente pelo Estado".

Esta segunda-feira, após um conselho de ministros extraordinário, o ministro das Finanças, Mário Centeno, disse que 1016 milhões de euros serão utilizados para injetar capital no Banif.