Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Agência Fitch desce rating da dívida soberana do Brasil para “lixo”

  • 333

No início de setembro, outra agência de notação financeira, a Standard & Poor's, já tinha descido para "lixo" o "rating" da dívida soberana brasileira

A agência de notação financeira Fitch desceu hoje para "especulativo", o mesmo que "lixo", o rating da dívida soberana brasileira, decisão justificada pela recessão económica e pela incerteza política.

Segundo a Fitch, o Brasil, cuja Presidente, Dilma Roussef, está a braços com apelos para a sua destituição, desceu no rating de "BBB-" para BB+".

A mais que esperada recessão económica e a crescente incerteza política estão a pesar na capacidade do Brasil em honrar as suas dívidas, justificou a agência de notação financeira, destacando que o "outlook" do rating do país "continua negativo".

No início de setembro, outra agência de notação financeira, a Standard & Poor's, já tinha descido o "rating" da dívida soberana brasileira para "lixo".