Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

5 focos de incerteza para 2016

  • 333

O Banco de Portugal prevê um crescimento moderado, mas a incerteza é elevada. Política orçamental, procura externa, preço do petróleo, políticas do Banco Central Europeu e a cotação do euro são fatores-chaves a seguir

A crescer, mas quase sem acelerar, num contexto dominado por focos de incerteza que podem afetar muito o andamento da atividade. É este o cenário traçado pelo Banco de Portugal para a economia portuguesa. No Boletim Económico de Dezembro, as projeções de crescimento foram revistas em baixa para 1,6% este ano, 1,7% em 2016 e 1,8% em 2017. Mas, do impacto da política orçamental do governo PS, à evolução da procura externa e do preço do petróleo, passando pelas políticas do Banco Central Europeu e a cotação do euro, há fatores que poderão levar a maior dinamismo da economia, enquanto outros poderão ditar uma moderação ainda maior.

Leia mais na edição deste fim de semana