Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Inflação estabilizou em 0,6% em novembro

  • 333

Índice de preços ao consumidor manteve-se em novembro com o nível que tinha registado em outubro, informou esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A taxa de inflação em Portugal estabilizou nos 0,6% em novembro, nível idêntico ao da variação que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) tinha registado em outubro, em comparação com o ano passado.

Os dados que o Instituto Nacional de Estatística (INE) publicou esta sexta-feira indicam que a variação homóloga do IPC foi de 0,64% em novembro, em linha com os 0,63% de outubro, mas abaixo dos 0,88% de inflação registada em setembro.

O facto de o índice de preços este ano estar acima de 2014 é explicado, segundo o INE, pelas subidas dos contributos dos produtos alimentares, das bebidas, do tabaco e das comunicações. Sinal contrário deu a área do vestuário e calçado, com um contributo negativo para o valor do cabaz que compõe o IPC.

Este ano, de acordo com as estatísticas do INE, a inflação nunca chegou a 1%. O mais próximo que esteve disso foi quando o índice de preços apresentou, em maio, uma subida de 0,95% na comparação com 2014.

Novembro foi o nono mês consecutivo em que o IPC apresentou uma variação positiva. Durante grande parte do ano 2014 o índice apresentou valores ligeiramente negativos, traduzindo-se num quadro deflacionista.

Ao longo de 2014 a variação média do IPC foi de -0,28%, depois de em 2013 a economia portuguesa ter registado uma variação positiva do índice de 0,27%, mas ainda longe do nível de inflação de 2,77% que chegou a ser registado em 2012.