Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Exportações têxteis aceleram ritmo de crescimento

  • 333

Em Outubro indústria têxtil e do vestuário exportou mais 9%

As exportações da indústria têxtil e do vestuário aceleraram o ritmo de crescimento em outubro, para registaram um aumento de 9% face ao mesmo mês do ano passado. Desde janeiro, a taxa de crescimento do sector foi de 4,1%, para os 4.055 milhões de euros.

Espanha continua a liderar o ranking dos mercados dos têxteis made in Portugal e é, simultaneamente, o país com maior crescimento absoluto em valor (117 milhões de euros nos primeiros 10 meses do ano (10%). Os EUA ocupam a segunda posição em termos de crescimento absoluto (52 milhões de euros), apresentando uma evolução de 29% que vem "reforçar a importância da conclusão, o mais breve possível, das negociações do TTIP (Parceria Transatlântica para o Comércio e o Investimento) entre a União Europeia e os Estados Unidos", sublinha Paulo Vaz, diretor-geral da ATP.

A Noruega é o terceiro destino que mais cresceu entre janeiro e outubro, com um acréscimo de 15 milhões de euros a que corresponde uma evolução percentual de 66% que vem "sinalizar o regresso do interesse dos países nórdicos pela indústria têxtil portuguesa", refere Paulo Vaz.Logo a seguir aparece a Alemanha, com um crescimento de 10 milhões de euros (3,1%),

Por categorias de produtos, as matérias têxteis cresceram 6%, os produtos têxteis confecionados (têxteis-lar incluídos) registaram um aumento de 7%, e no vestuário a subida foi de 3%.