Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Moçambique decreta conversão de dólares em meticais

  • 333

Vista de Maputo

Mike Hutchings / Reuters

Passa a ser impossível pagar salários em dólares e já há limitação de uso de cartões de crédito no estrangeiro

Lázaro Mabunda

Lázaro Mabunda

Jornalista, correspondente em Maputo

Usar dólares como se fossem meticais chegou ao fim em Moçambique. Esta moeda, assim como o euro e o rand, passa a ter uma circulação e movimentos fortemente controlados pelo Banco de Moçambique, o banco central do país. Todas as contas em dólares junto das instituições bancárias serão automaticamente convertidas em moeda local quando forem usadas para qualquer transação. Inclusive pagamento de salários. Uma medida que afeta as empresas estrangeiras e os quadros expatriados.

Através do Banco de Moçambique, o Governo decidiu tomar medidas extremas não só para travar a desvalorização do metical como também para retirar o poderio das moedas estrangeiras no mercado. A decisão, compulsiva, do banco central foi tomada no dia 24 de novembro e comunicada aos bancos comerciais, explicou ao Expresso o advogado Paulo Pimenta.

Esta medida visa levar a uma maior procura da moeda moçambicana e consequentemente à sua valorização pelo desaparecimento do dólar e outras moedas estrangeiras do mercado. O metical tornar-se-á a única moeda em circulação. É que a economia moçambicana funcionava, na verdade, em duas moedas principais em paralelo: o metical e o dólar.

Leia mais na edição deste fim de semana