Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Queda nos preços trava mais de 100 projetos

  • 333

Depois da onda de euforia em torno do sector mineiro, há três anos, veio a ressaca, com mais de uma centena de projetos parados ou abandonados por falta de dinheiro. O eldorado das minas em Portugal fica adiado

As cotações do ouro, minério de ferro, zinco, cobre, estanho e tungsténio (volfrâmio) não param de cair praticamente desde 2012, embora com pequenas oscilações. O caso mais paradigmático é o ouro, que no final de 2011 princípio de 2012 rondou os 1900 dólares por onça (31 gramas) e esta semana foi cotado na casa dos 1070 dólares/onça.

Esta vaga de desvalorização dos minerais metálicos básicos nos mercados internacionais está a ter efeitos devastadores nos mais de 100 projetos mineiros, de pequena e média dimensão, que entre 2011 e 2012 foram postos em marcha em Portugal.

Muitos pararam e outros foram abandonados. O caso mais gritante é o da extração de ouro das antigas minas de Jales, em Trás-os-Montes, cujo consórcio acaba de perder o contrato de prospeção e pesquisa. Só neste caso, estava em causa um investimento de €66 milhões.

Leia mais na edição deste fim de semana