Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Desemprego no Japão atinge mínimo de 20 anos

  • 333

A taxa de desemprego no mercado nipónico recuou em outubro para 3,1%, um nível que só encontra paralelo no ano 1995, de acordo com os dados do Governo japonês

A taxa de desemprego no Japão baixou de 3,4% em setembro para 3,1% em outubro, alcançando o valor mais baixo dos últimos 20 anos, segundo os dados publicados esta sexta-feira pelo Governo japonês.

De acordo com as autoridades nipónicas a taxa de desemprego em outubro foi de 3,4% entre os homens e de 2,7% entre as mulheres.

Apesar da queda do desemprego, a economia japonesa continua a debater-se com o desafio de reanimar a procura interna, com as despesas das famílias em outubro a cair pelo segundo mês consecutivo. Também os preços seguem em tendência negativa, com o Índice de Preços ao Consumidor a recuar 0,1% em outubro, pressionado pela descida dos custos com a energia.

O economista Taro Saito, citado pela agência Reuters, explica que a continuação da política de baixos salários está a minar a capacidade de a economia japonesa estimular o consumo interno.

"As ofertas de trabalho estão a crescer, mas o valor médio que cada trabalhador recebe não está a aumentar significativamente. É por isso que o rendimento disponível das famílias não cresce e o consumo continua fraco", comentou o economista do NLI Research Institute.