Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsa recupera e cai menos do que as pares europeias

  • 333

O índice PSI-20 fechou a cair 0,59% depois de ter estado a perder quase 2%. A indicação de António Costa para primeiro-ministo é vista como positiva comparativamente com a opção de um governo de gestão.

A Bolsa portuguesa recuperou dos mínimos do dia e fechou a cair menos do que as pares europeias, no dia em que António Costa foi indicado para primeiro-ministro.

O Presidente da República indicou hoje o líder socialista para formar Governo.

"É positivo ter terminado o suspense, embora o movimento já fosse largamente esperado", afirma Steven Santos, gestor do BiG.

O PSI-20 caiu 0,59% face à descida de 1,34% do índice europeu FTSEurofirst 300.

Os juros da dívida soberana portuguesa a 10 anos desciam 1,5 pontos base no mercado secundário, enquanto que os de outros países da zona euro caiam entre 2,5 e 4,0 pontos base, segundo dados da Reuters. Amanhã Portugal realiza um leilão de Obrigações do Tesouro.

"Não há duvidas que a solução encontrada de governo do Partido Socialista é, em termos económicos, melhor que o possível governo de gestão. Esperam-se assim dias mais calmos nos activos financeiros relacionados com a economia portuguesa", frisa Pedro Ricardo Santos, gestor da XTB numa análise.

As Bolsas europeias tiveram hoje um dia negativo, com os investidores a fugir de ativos de maior risco na sequência de atentados terroristas e no abate de um avião militar russo pelas forças armadas turcas.

"Os nervos estão à flor da pele. A situação na Bélgica e na Turquia aumentam a aversão ao risco", afirma Steven Santos.

Em Wall Street, o S&P 500 cai 0,02% na semana em que se celebra nos Estados Unidos o Dia de Ação de Graças.