Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Galp. Eni vende os últimos 4%

  • 333

Italiana Eni sai de vez da Galp após arrecadar 325 milhões de euros com a venda da participação que ainda detinha na empresa

A italiana Eni concluiu esta sexta feira a venda do lote de 4% que ainda detinha na Galp, a 9,81 euros por ação. As ações da Galp estão a deslizar mais de 5%, depois de na quinta-feira terem fechado a 10,65 euros.

Com esta operação a Eni sai definitivamente do capital da Galp Energia.

A receita da ENI foi de 325 milhões de euros. O processo de accelerated bookbuilding foi dirigido exclusivamente a investidores institucionais qualificados.

Segundo um comunicado da Galp enviado à CMVM, a Eni procedeu ao lançamento de um processo de accelerated bookbuilding para venda do lote de 33.124.670 ações que lhe restavam na Galp.

As ações foram colocadas junto de investidores institucionais qualificados, actuando a Goldman Sachs International e a Merrill Lynch International na qualidade de colocadores da oferta.

Durante os últimos meses, a Eni procedeu à alienação em bolsa de cerca de 4% do capital social da Galp. No seguimento da conclusão da oferta de venda, a Eni deixará de deter qualquer participação na petrolífera portuguesa. Encerra, assim, um processo de saída do capital da Galp, na qual chegou a deter 33,34%. A Galp Energia tem como principal acionista a Amorim Energia, uma parceria de Américo Amorim e da Sonangol