Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Mais trabalho e sob maior pressão? Sim

  • 333

Rui Duarte Silva

Estudo feito nos 30 anos da McKinsey mostra quais os sacrifícios e contrapartidas que os portugueses preferem

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

O estudo é apresentado segunda-feira num debate onde vão estar Durão Barroso, Herman Van Rompuy e Joaquín Almunia. Os três ex-responsáveis da UE vêm a Lisboa por ocasião dos trinta anos em Portugal da McKinsey & Company. Para assinalar a data, a McKinsey decidiu seguir um modelo testado em nove países europeus. Um estudo feito junto de 2000 pessoas, com um método pouco habitual onde todos os benefícios pretendidos têm, em contrapartida, sacrifícios.

Os portugueses estão dispostos a trabalhar mais horas e sob maior pressão, em troca de remuneração associada ao desempenho e na expectativa de que isso melhore a saúde e a educação do país. Em poucas palavras é assim que se resume a principal conclusão deste estudo. Mas a forma de se chegar a esta conclusão é um pouco mais complexa. Em primeiro lugar, os inquiridos expressaram disponibilidade para a) trabalhar sob maior pressão e com princípios de meritocracia, de modo a aumentar a produtividade; b) trabalhar mais horas; e c) prescindir parcialmente da proteção social. A última variável é a menos óbvia de todas.

Leia mais na edição deste fim de semana