Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Capital americano domina investimento imobiliário

  • 333

Nos primeiros 10 meses deste ano foram transacionados em Portugal 1,36 mil milhões de euros em ativos de imobiliário comercial, valor nunca antes atingido em 25 anos de registo de transações

Entre janeiro e outubro de 2015 foram investidos 1,36 mil milhões de euros no mercado imobiliário em Portugal. Este valor, apurado pela consultora Cushman & Wakefield, ultrapassou já o pico de investimento no sector, atingido em 2007 e que ascendeu a 1,19 mil milhões de euros, mas durante os 12 meses desse ano.

Os investidores estrangeiros lideram claramente e representam cerca de 90% do capital aplicado no imobiliário. Entre estes, os capitais que mais pesam são de origem americana, da ordem dos 600 milhões de euros, renovando mais um máximo histórico para o investimento dos Estados Unidos em Portugal. Espanha é o segundo mercado que mais capital aloca aos ativos nacionais, representando cerca de 20% do total de capital estrangeiro investido (mais de 200 milhões de euros).

Os analistas da Cushman & Wakefield garantem que "a grande atratividade do imobiliário comercial português, muito motivada pela atual relação qualidade versus preço, em conjunto com a ainda grande disponibilidade de capitais alocados ao investimento imobiliário; irá ser um importante contributo para manter e inclusivamente aumentar esta atividade do mercado".

As expetativas para o fecho de ano, segundo aquela consultora multinacional, apontam para que se atinjam os 2.000 milhões de euros de volume de transações no imobiliário comercial.