Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Produção industrial na Alemanha cai em setembro

  • 333

Descida de 1,1% no "motor" europeu era inesperada para os analistas, diz a Agência Bloomberg

A produção industrial na Alemanha caiu 1,1% em setembro comparativamente a agosto, uma descida anunciada pelo ministério da Economia alemão que surpreendeu os analistas consultados pela agência de notícias norte-americana Bloomberg.

De acordo com a Bloomberg, estes analistas esperavam uma subida de 0,5% na economia alemã.

Entre os fatores que pesaram na descida deste indicador está o abrandamento económico em alguns mercados emergentes, em especial na China, com impacto nas exportações do país.

As encomendas industriais fora da zona Euro registaram uma quebra de 8,6% no terceiro trimestre do ano, referem os últimos números da economia alemã.

Um comunicado do ministério alemão da economia refere "uma fase temporariamente débil", mas afirma que o nível de confiança na indústria "continua a ser bom".

Estes dados da economia alemã coincidem com a publicação das previsões de outono da Comissão Europeia para os países da zona Euro em que as perspetivas de crescimento da Alemanha também foram revistas em baixa, para 1,7% do PIB, menos 0,2 pontos percentuais do que a percentagem avançada em maio.

Aliás, Bruxelas reviu em baixa as previsões de crescimento da zona Euro para 2016, apontando, agora, uma taxa de 1,8% contra os 1,9% referidos nas suas previsões da primavera.

Para este ano, no entanto, Bruxelas apresentou uma previsão de crescimento de 1,6%, em alta ligeira face aos 1,5% apontados em maio.