Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lucros do banco Best caem para 4,4 milhões de euros

Os lucros do Best, banco online do Novo Banco, caíram de 7,3 milhões de euros para 4,4 milhões, no final do terceiro trimestre de 2015

O Banco Best lucrou no final do terceiro trimestre 4,4 milhões de euros, contra um lucro de 7,3 milhões em igual período de 2014. Para esta descida contribuiu a quase inexistência de resultados de mercados. Nos primeiros nove meses de 2014 os resultados em operações de mercados ascenderam a 8,5 milhões de euros, no período em análise foram apenas de 100 mil euros.

O banco presidido por Isabel Ferreira tem mais de 2,5 mil milhões de euros em ativos sob gestão e um rácio core tier 1 acima dos 32%. Segundo comunicado enviado pelo BEST "a liquidez do Best tem um nível muito elevado com os depósitos de clientes a representarem mais do dobro da carteira de crédito concedido, sendo a taxa de mal parado de 0,8% do crédito".

O rácio de transformação (crédito sobre depósitos) do banco está nos 49%, muito acima dos valores mínimos indicativos pelo Banco de Portugal (120%).

O capital do Best é detido em 75% pelo Novo Banco e 25% pelo dinamarquês Saxo Bank. O Best tem tido manifestações de interesse por parte de potenciais compradores mas deverá ser vendido juntamente com o Novo Banco

Isabel Ferreira sublinha "a elevada solidez financeira com indicadores ímpares em Portugal e ao nível dos melhores bancos europeus , o que representa uma garantia de confiança para os nossos clientes e nos permitiu consolidar a posição nomeadamente no segmento private e affluent".

Quanto ao stock de fundos de investimentos estrangeiro o banco ultrapassou os 1000 milhões de euros, o que reflete a diversificação das carteiras de investimento do banco e de integrarem ativos não correlacionados com o risco nacional. O BESt tem uma quota de mercado na distribuição de fundos de investimento estrangeiros na ordem dos 25%.