Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Publicidade na Internet já vale €24,9 mil milhões nos EUA, apenas em meio ano

  • 333

D.R.

Só na publicidade produzida para smartphones foram investidos 8,2 mil milhões de dólares nos primeiros seis meses deste ano

A publicidade na Internet atingiu o recorde de receitas de 27,5 mil milhões de dólares (€24,9 mil milhões), nos Estados Unidos, no primeiro semestre de 2015. Um aumento de 19% face ao mesmo período de 2014.

Os dados constam de um relatório agora divulgado da consultora PwC, que refere ainda que a publicidade só para smartphones representou 8,2 mil milhões de dólares, um aumento de 54% em relação ao primeiro semestre do ano passado.

Na análise da origem da publicidade por sectores de atividade, destaca-se, desde logo, segundo a PwC, o comércio a retalho, responsável 22% das receitas totais nos primeiros seis meses do ano – um crescimento de 21% face ao mesmo período de 2014. No segundo lugar, ex-aequo, surgem os serviços financeiros e o comércio automóvel, ambos com uma quota de 13%. Segue-se o sector que engloba lazer e viagens, responsável por 9% da publicidade on-line, nos EUA.

A PwC explica que por publicidade on-line entende-se toda a que é ‘servida’ aos utilizadores de redes sociais, sites em geral, aplicativos de jogos, em todos os tipos de dispositivos e, sobretudo, distribuída através de computadores de secretária, portáteis, smartphones e tablets.

Para se ter uma ideia da ordem de grandeza dos números em análise pela PwC para o mercado norte-americano (e apenas on-line), basta referir que, em Portugal, o ‘bolo’ anual do mercado publicitário rondou os 545 milhões de euros no ano passado, segundo alguns analistas do sector. A maior quota recaiu sobre a Televisão, que atraiu mais de 45% do investimento, sendo que, em segundo lugar, aparece a Internet. responsável por uma quota de mercado de 19% em 2014.