Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsas europeias resvalam para terreno negativo

  • 333

Depois de uma abertura esta sexta-feira com a maioria das principais praças financeiras a registar ganhos, a trajetória inverteu-se. Índice PSI 20 da Bolsa de Lisboa também em terreno negativo

Jorge Nascimento Rodrigues

As bolsas na Europa abriram sexta-feira em terreno positivo nas principais bolsas, com exceção de Madrid e de Londres. Mas, pelas 10h30, a maré vermelha estendeu-se à maioria das bolsas da União Europeia (UE). Escapam Bruxelas, Helsínquia, Nicósia, Riga e Talin. O índice PSI 20, da Bolsa de Lisboa, entrou em terreno negativo, estando a perder 0,2%. Budapeste, Atenas e Madrid lideram as descidas na UE, com quedas superiores a 1%.

A Europa fechou quinta-feira com uma perda de 1,01%, segundo o índice MSCI para a região, depois de as probabilidades de uma subida das taxas de juro pela Reserva Federal norte-americana na próxima reunião de dezembro terem atingido 50%, segundo o observatório da CME para os futuros daquelas taxas.

A semana tem registado variações significativas na região, segundo o índice MSCI para a região. Perdas de 0,24% na segunda-feira, perdas mais acentuadas de 1,06% na terça, reviravolta na quarta, com ganhos de 1,22%, e novas perdas de 1,01% na quinta.

O Eurostat divulgou esta sexta-feira a sua primeira previsão para a inflação anual na zona euro em outubro que terá saído de terreno negativo. A previsão é de 0% depois de –0,1 em setembro.