Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portucel lucrou 142 milhões até setembro

  • 333

Beneficiando de preços mais altos na venda de pasta e papel, a Portucel aumentou o volume de negócios em 5,8%, o que permitiu ampliar o lucro dos primeiros nove meses em 6,6%

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A Portucel encerrou os primeiros nove meses deste ano com um lucro de 142 milhões de euros, mais 6,6% do que em igual período do ano passado, informou a empresa produtora de pasta e papel em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O aumento do lucro da Portucel beneficiou da melhoria do desempenho operacional da empresa, cujas vendas cresceram 5,8%, para 1208 milhões de euros, tirando partido de uma evolução favorável do preços da pasta e do papel.

O EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) teve uma expansão de 23%, para 294 milhões de euros, mais do que compensando o agravamento dos resultados financeiros do grupo, que passaram de 25 para 45 milhões de euros negativos.

Os primeiros nove meses de 2015 ficaram marcados por alguns desenvolvimentos relevantes no grupo português, como o arranque da nova capacidade de produção na fábrica de Cacia, o arranque de uma nova máquina de produção em Vila Velha de Ródão e a inauguração de um viveiro em Moçambique que permitirá produzir 6 milhões de plantas por ano.

No seu comunicado à CMVM a Portucel destaca ainda a “a manutenção do rácio de endividamento em níveis prudentes”. No final de setembro o grupo tinha uma dívida líquida de 587 milhões de euros, equivalente a 1,5 vezes o EBITDA gerado anualmente. Em setembro de 2014 a dívida da Portucel correspondia a 0,9 vezes o EBITDA.