Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Há 21 mil casas para alojamento turístico

  • 333

Rita Cardoso, Carla Costa Brito e Eduardo Miranda fazem parte da direção executiva da ALEP

Nuno Botelho

A maioria das unidades está localizada no Algarve

Marisa Antunes

Jornalista

São cerca de 12.500 os proprietários que de norte a sul do país possuem quase 21 mil moradias, apartamentos e quartos individuais a serem rentabilizados no mercado de alojamento local. A grande maioria (84%) é de particulares e cerca de 92% dos proprietários são titulares de uma ou duas propriedades.

Apesar de se constituírem como uma minoria, há já 838 titulares que exploram entre 3 e 9 unidades, 98 entre 10 e 20 unidades e 71 que têm mais de 20 unidades.

A radiografia deste florescente sector foi feita pela ALEP (Associação do Alojamento Local em Portugal) que se apresentou publicamente esta semana e que para já conta com 50 associados fundadores. “Este mercado cresceu num ambiente de crise e de economia partilhada quando muita gente percebeu que não fazia sentido ter as suas casas fechadas. E a internet foi o grande facilitador”, explica Eduardo Miranda, presidente desta nova associação, na conferência que decorreu num apartamento turístico situado no coração da Baixa de Lisboa.

Leia mais na edição deste fim de semana