Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

BES: Rui Silveira contesta acusação do BdP e culpa governador

  • 333

Ex-administrador do BES diz que foi informando o Banco de Portugal do que se passava em Angola

Lusa

O ex-administrador do BES Rui Silveira desmente as acusações de que não informou o Banco de Portugal (BdP) da situação no BES Angola e acusa a entidade liderada por Carlos Costa de tentar fugir às responsabilidades.

Na semana passada foi noticiado que o Banco de Portugal (BdP) avançou com mais um processo de contraordenações em relação a administradores do BES e da Espírito Santo Financial Group, referindo-se agora ao BES Angola (BESA), acusando-os sobretudo de terem tido conhecimento de problemas no BESA e de não os terem reportado ao supervisor e regulador bancário.

Entre os principais acusados estão o ex-presidente do BES Ricardo Salgado, o ex-administrador financeiro Amílcar Morais Pires e também o ex-administrador responsável pela auditoria do banco Rui Silveira.

Num documento enviado à Lusa pelo seu advogado, Rui Silveira dá, ao longo de 17 páginas, explicações sobre o que se passou, afirmando que deu conta do que se passava com o BESA à medida que ia sucedendo, dos trâmites sobre a garantia soberana de Angola - que protegia o BES de eventuais perdas com os créditos da filial angolana - e, concluindo, que o culpado do que se passou no BES foi o BdP, devido ao facto da medida de resolução ter obrigado o BES a refletir nas suas contas as perdas do BESA, devido ao fim da garantia soberana do estado angolano.