Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Energia precipita queda dos preços na produção industrial

  • 333

Diminuição homóloga de 4,1% dos preços na produção industrial, em setembro, foi determinada pela queda de 15% do sector da energia

Os preços na produção industrial caíram 4,1% em setembro, face ao mesmo mês do ano passado, uma descida determinada pela queda homóloga de 15% do agrupamento de energia, informa hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Excluindo o agrupamento de energia, que passou de uma queda de 11,7% em agosto para uma descida de 15% em setembro, o índice aumentou 0,2% (face a 0,1% em agosto).

O índice da secção das indústrias transformadoras registou uma queda homóloga de 4,8%, da qual resultou um contributo negativo de quatro pontos percentuais para a variação do índice total.

No terceiro trimestre deste ano, a taxa de variação homóloga do índice caiu 3,3% (face ao recuo de 2% no trimestre anterior), com o índice do agrupamento de energia a registar uma descida de 12% (variação de -6,8% no segundo trimestre) e logo a apresentar "o contributo mais expressivo para a variação do índice total (-3,4 pontos percentuais) ".

A variação mensal mostra uma queda homóloga de 1,1% (-0,1% em setembro de 2014), taxa inferior em 0,2 pontos percentuais à observada em agosto.

O agrupamento de energia, com uma descida de 3,4% (0,4% em setembro do ano anterior), apresentou o contributo mais relevante para a variação mensal do índice agregado (-0,9 pontos percentuais).