Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Mão pesada para Salgado, Morais Pires e Silveira

  • 333

Ricardo Salgado é acusado de várias infrações a título doloso

Luis Barra

Administradores acusados de esconder situação do BESA. Nova onda de acusações do Banco de Portugal não deixa ninguém de fora

É a segunda onda de acusações. E esta vem de Angola. E estão lá todos. Mais uma vez, o Banco de Portugal não deixa ninguém de fora. O Expresso sabe que praticamente todos os administradores do ex-BES e da comissão executiva do Espírito Santo Financial Group (ESFG) estão na lista dos acusados, embora em graus diferentes. Ao todo são 18, incluindo o banco e a holding financeira. Tal como na primeira acusação (ver caixa) há infrações mais graves do que outras.


Os principais visados da nova acusação do Banco de Portugal são o ex-presidente do BES, Ricardo Salgado, o ex-administrador financeiro, Amílcar Morais Pires, e o ex-administrador responsável pela auditoria do banco, Rui Silveira. Em causa estão as operações com o Banco Espírito Santo Angola (BESA). É sobre estes que recai a infração mais grave, falta de informação ao supervisor, entre quatro contraordenações.


Leia mais na edição deste fim de semana