Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

EDP distribui mais electricidade e menos gás

  • 333

Eletricidade distribuída na Península Ibérica aumentou 1,5% até setembro, mas gás cai 36%

A eletricidade distribuída na Península Ibérica pela EDP aumentou 1,5% nos primeiros nove meses de 2015, em comparação com o mesmo período do ano anterior, informou hoje a empresa.

Na comunicação à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) dos "dados operacionais previsionais" relativos aos três primeiros trimestres de 2015, a EDP justifica o aumento da distribuição de eletricidade com a "recuperação da atividade económica".

O gás distribuído diminuiu 36%, "refletindo essencialmente a alienação de redes em Murcia, Extremadura e Girona no quarto trimestre de 2014".

A capacidade instalada da EDP aumentou 8% em termos homólogos, para 24GW (GigaWatts) no final de setembro de 2015, refere o documento enviado à CMVM.

O aumento da capacidade de produção energética deve-se, segundo a empresa, à "nova capacidade eólica e solar" (+1.104MW), à "consolidação integral da central de carvão de Pecém, no Brasil" (+720MW) e à "nova capacidade hídrica em Portugal" (+111MW).

A produção total cresceu 4% nos três primeiros trimestres do ano, suportada pela "maior produção térmica" na Península Ibérica e no Brasil, mas também pela "maior produção eólica resultante do aumento da capacidade na Europa e nos EUA".

Já a produção hídrica e eólica representou 69% da produção total nos primeiros noves meses do ano.

A energia distribuída pela EDP recuou 9% nos primeiros noves meses de 2015, sofrendo o impacto da "alienação de ativos de gás em Espanha no quarto trimestre de 2014".

Os resultados do terceiro trimestre vão ser divulgados ao mercado a 29 de outubro, após o fecho do Euronext Lisbon. A "conference call", com o presidente-executivo, António Mexia, realizar-se-á no dia seguinte, informa ainda a EDP.