Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsa de Lisboa inverte para terreno positivo em contraciclo com praças internacionais

  • 333

Depois de ter estado a recuar mais de 1% no início da sessão, pelas 9h30 o PSI20, principal índice da Euronext Lisbon, tinha anulado as perdas e registava mesmo ganhos ligeiros de 0,28%

A Euronext Lisbon começou a sessão desta quarta-feira no vermelho, mas já inverteu para o verde. Pelas 9h30, o PSI20, principal índice da praça portuguesa, seguia com ganhos ligeiros de 0,28%, depois de ter estado a perder mais de 1% no início da sessão.

A recuperação fopi impulsionada pelos títulos da banca. Depois de ter estado a perder mais de 3%, o BCP seguia com uma valorização de 0,92%. E o BPI estava a subir 2,66%, depois de ter estado a perder 0,86%.

Em queda seguiam ainda, pelas 9h30, pesos-pesados da praça lisboeta, como a EDP e a Galp, que recuavam 1,16% e 1,70%, respetivamente.

Lisboa segue assim em contra-ciclo com as praças internacionais. O índice europeu FTSE Eurofirst 300 estava à mesma hora a perder quase meio por cento, com o sentimento dos investidores a ser penalizado pela China. Os dados da inflação naquele país saíram abaixo das expectativas dos analistas (os preços no consumidor aumentaram 1,6% em setembro, em termos homólogos), sinalizando que há muita folga na segunda maior economia do mundo.

As principais Bolsas chinesas, aliás, fecharam no vermelho. O índice Composite de Xangai, principal praça financeira da China, caíu 0,93%, para 3.262,44 pontos, interrompendo um ciclo de quatro sessões consecutivas a encerrar em terreno positivo. E o principal indicador da bolsa de Shenzhen, a segunda praça financeira da China, caiu 1,27%, para 10.901,48 pontos.