Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Peso das renováveis cai para níveis de 2011

  • 333

A produção de eletricidade com origem em fontes renováveis cifrou-se em 48,2% do total, ao nível dos valores registados há quatro anos. Ainda assim acima da produção a partir de combustíveis fósseis (carvão e gás)

Entre janeiro e setembro deste ano, 48,2% da energia elétrica produzida em Portugal teve origem em fontes renováveis, com especial destaque para as eólicas e as barragens. Uma percentagem ao nível da registada durante o ano de 2011, onde se rondou os 47% de eletricidade 'verde'.

Em comunicado agora divulgado, a Associação de Energias Renováveis (APREN) nota que, apesar de tudo, há mais energia 'verde' que de origem fóssil (46,3% do total), mas que foi preciso recorrer à importação para preencher necessidades equivalentes a 5,5% da eletricidade consumida.

No que respeita às fontes renováveis, a maior contribuição em termos acumulados vem claramente da energia eólica, com 21,6%, que, segundo a APREN, tem mantido esta posição de liderança desde o início do ano, "mostrando a sua consistência em termos de volume de produção". Em segundo lugar surge a energia hídrica com 19,7%, dos quais 18,2% correspondem à que é gerada pelas grandes barragens.