Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Governo ainda não recebeu qualquer plano da Volkswagen

  • 333

AXEL SCHMIDT / REUTERS

O plano para resolver a situação dos 117 mil carros manipulados pelo grupo Volkswagen existentes em Portugal ainda não foi comunicado ao Governo

O plano detalhado que o grupo Volkswagen (VW) disse que iria preparar até 7 de outubro para corrigir a situação dos 117 mil veículos com motores diesel manipulados matriculados em Portugal ainda não chegou ao Governo português, referiu a fonte oficial do Ministério da Economia.

Na sexta-feira passada o ministro da Economia, Pires de Lima, anunciou que o Governo tinha sido informado que o grupo VW ia preparar até 7 de outubro um plano detalhado para a correção das emissões fraudulentas.

Segundo Pires de Lima, a informação foi formalmente transmitida por carta do novo presidente do grupo Volkswagen, Matthias Müller, que garantia "um plano detalhado para a correção de todas estas ilegalidades até 7 de outubro", referindo que "a VW assumiria os custos" de toda esta fraude.

A mesma fonte do ministério da Economia esclarece que "o Governo não tem indicações que o Grupo VW tenha intenção de comprometer o investimento contratualizado em Portugal".