Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Nasdaq perde 3% e Wall Street fecha no vermelho

  • 333

Depois de um fecho com perdas superiores a 2% em seis bolsas europeias, as bolsas nova-iorquinas somaram quedas, com destaque para a bolsa dass tecnológicas, e lideraram as perdas à escala mundial

Jorge Nascimento Rodrigues

As quedas acentuaram-se esta segunda-feira em Wall Street e no Nasdaq. Esta última bolsa, das tecnológicas, fechou a perder 3%. Os dois principais índices de Wall Street encerraram o primeiro dia de negociação da semana com quebras de 1,92% no caso do Dow Jones e de 2,57% no caso do S&P 500.

O fecho no vermelho nas bolsas dos Estados Unidos segue-se a uma maré vermelha na Europa, com os índices das bolsas de Paris, Milão, Amesterdão, Londres, Frankfurt e Estocolmo a registaram perdas superiores a 2%. O PSI 20, da Bolsa de Lisboa, fechou a recuar 1,84% e o índice Ibex 35 da Bolsa de Madrid caiu 1,32%.

No balanço do dia, as quedas bolsistas nos Estados Unidos lideraram à escala mundial, com o índice MSCI a perder 2,65%. Seguiu-se o índice MSCI para a Europa que registou uma quebra de 1,96%.

Desde o início do mês de setembro, a Europa lidera as quedas. O índice MSCI para a região perdeu 6,15%, seguido do índice para os EUA que recuou 4,75%. Em terceiro lugar, o índice MSCI para as economias emergentes que caiu 4,54%. Nestes índices MSCI regionais ou por tipo de economia, o relativo à Ásia Pacífico caiu 4,01% e o que abrange as designadas economias de fronteira recuou 2,29%, tendo sido o menos afetado pela maré vermelha bolsista de setembro.