Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Negócio fechado: chineses compram BES Investimento ao Novo Banco por €379 milhões

  • 333

É o primeiro banco que os chineses compram em Portugal. José Maria Ricciardi vai manter-se como presidente. O BESI vai passar a chamar-se Haitong Bank

Depois de em dezembro do ano passado ter anunciado a compra do Banco Espírito Santo Investimento, a Haitong encerrou esta segunda-feira o processo, que estava ainda dependente da "luz verde" dos bancos centrais.

"No final do primeiro semestre de 2015, a transação encontrava-se aprovada por todas as autoridades envolvidas nomeadamente, Comissão Europeia, Autoridades da Concorrência e um conjunto de outras autoridades que exercem supervisão sobre as unidades internacionais do BESI, assim como, as autoridades de supervisão das entidades vendedora e compradora, com excepção do Banco Central do Brasil, cuja aprovação foi comunicada em 13 de Agosto último", lê-se no comunicado publicado no site da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM)

A Haitong pagou pelo BESI 379 milhões de euros, um valor considerado bastante interessante, pelos analistas. O encaixe foi para o Novo Banco. O nome BESI vai desaparecer. O banco terá um novo nome, irá passar a chamar-se Haitong Bank.

José Maria Ricciardi vai manter-se como presidente da comissão executiva, um cargo que ocupa há anos. Um dos atrativos do BESI, assumiu já a Haitong, foi a presença do banco no exterior. A internacionalização do BESI foi uma das estratégias defendidas por Ricciardi. A Haitong, detentora de 100% do capital, irá agora nomear para a administração alguns administradores chineses.

A Haitong é uma corretora privada, criada há 25 anos, com sede em Xangai. O BESI é o primeiro banco comprado por investidores chineses em Portugal. O próximo poderá ser o Novo Banco, já que o Banco de Portugal está neste momento a negociar a venda do herdeiro dos ativos bons do BES com a chinesa Fosun.