Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lisboa é a cidade europeia onde a hotelaria mais cresce

  • 333

Vista do Fénix Music, 
um dos 'novos hotéis' 
de Lisboa

DR

O número de hotéis disparou 34% de 2010 a 2014 e só este ano 12%. Mas Praga tem quatro vezes mais

Lisboa é o fenómeno do momento no que toca a alojamento turístico. É a cidade europeia que mais está a crescer em número de hotéis, segundo um estudo recente da consultora imobiliária Worx, que faz uma análise comparativa da oferta de estabelecimentos hoteleiros de uma a cinco estrelas na capital portuguesa com Amesterdão, Barcelona, Berlim, Budapeste, Estocolmo, Helsínquia, Madrid, Munique, Oslo, Paris, Praga, Tallinn e Vilnius — outros destinos que evidenciam dinamismo ao nível da capacidade turística instalada.

O destaque vai para o facto de Lisboa ter dado, num curto espaço de tempo, um salto de cerca de 34% no seu parque hoteleiro, tendo passado de 122 para 163 unidades entre 2010 e 2014. “O aumento significativo da oferta hoteleira na cidade de Lisboa foi acompanhado por outras cidades europeias, ainda assim nenhuma outra conseguiu superar este incremento próximo dos 34%”, enfatiza o estudo da Worx, onde se evidencia também neste período os crescimentos de 23,7% em Oslo, 18,6% em Praga ou 18,4% em Budapeste.

A tendência de crescimento mantém-se em Lisboa, com a abertura de 20 hotéis em 2015 (entre os quais o Porto Bay Liberdade, Sana Evolution Saldanha ou a Pousada do Terreiro do Paço) que reforçam a sua capacidade em 12%, trazendo um acréscimo de 1572 quartos.

Leia mais na edição deste sábado nas bancas