Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Os 10 mais ricos do mundo perderam €15,4 mil milhões num dia

  • 333

Segunda-feira foi negra para as bolsas mundias e para as dez maiores fortunas do mundo. Só Bill Gates, fundador da Microsoft, ficou sem 2,8 mil milhões em 24 horas devido ao efeito da crise provocada pelas bolsas chinesas

Bill Gates, fundador da Microsoft, o homem mais rico do mundo, ficou 2,8 mil milhões de euros mais pobre esta segunda-feira. Ainda assim, a sua fortuna pessoal ultrapassa ligeiramente os 69,2 milhões de euros.

De acordo com o ranking dos bilionários elaborado pela agência Bloomberg, a crise de segunda-feira provocada pelas bolsas chinesas e que acabou por se expandir às praças financeiras de todo o mundo deixou os dez homens mais ricos do mundo 15,4 mil milhões de euros menos afortunados.

As perdas dos 10 mais ricos

BILL GATES, MICROSOFT
Perdas com a crise chinesa: 2,8 mil milhões
Novo valor da fortuna pessoal: 69,2 mil milhões

AMANCIO ORTEGA, INDITEX
Perdas com a crise chinesa: 1,3 mil milhões
Novo valor da fortuna pessoal: 58,6 mil milhões

WARREN BUFFETT, INVESTIDOR
Perdas com a crise chinesa: 1,7 mil milhões
Novo valor da fortuna pessoal: 53,2 mil milhões

CARLOS SLIM, TELECOM
Perdas com a crise chinesa: 1,4 mil milhões
Novo valor da fortuna pessoal: 49,6 mil milhões

CHARLES KOSH, INDÚSTRIA
Perdas com a crise chinesa: 1,1 mil milhões
Novo valor da fortuna pessoal: 42,7 mil milhões

DAVID KOSH, INDÚSTRIA
Perdas com a crise chinesa: 1,1 mil milhões
Novo valor da fortuna pessoal: 42,7 mil milhões

JEFF BEZOS, AMAZON
Perdas com a crise chinesa: 2,3 mil milhões
Novo valor da fortuna pessoal: 36,1 mil milhões

INGVAR KAMPRAD, IKEA
Perdas com a crise chinesa: 700 milhões
Novo valor da fortuna pessoal: 35 mil milhões

LARRY ELLISON, ORACLE
Perdas com a crise chinesa: 1,4 mil milhões
Novo valor da fortuna pessoal: 34,6 mil milhões

MARK ZUCKERBERG, FACEBOOK
Perdas com a crise chinesa: 1,5 mil milhões
Novo valor da fortuna pessoal: 31,3 mil milhões