Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Nova Iorque positiva segue tendências das bolsas europeias

  • 333

Os índices Dow Jones Industrial, Standard & Poor's e Nasdaq estavam todos a valorizar na anertura das bolsas em Nova Iorque

JUSTIN LANE / EPA

A explicar este otimismo das bolsas em Nova Iorque está o anúncio feito esta terça-feira pelo Banco Popular da China de uma nova baixa das taxas de juro, pela quinta vez desde novembro

As bolsas em Nova Iorque estão esta terça-feira a negociar em alta, apoiadas nas medidas tomadas pelo banco central da China para estabilizar os mercados e dinamizar a economia do país.

Cerca das 14h45 em Lisboa, o índice Dow Jones Industrial subia 2,15% para 16.207,67 pontos, enquanto o Standard & Poor's avançava 1,94% para 1.930,09 pontos. O tecnológico Nasdaq, por sua vez, valorizava-se 2,86% para 4.655,32 pontos.

A explicar este otimismo das bolsas em Nova Iorque está o anúncio feito esta terça-feira pelo Banco Popular da China de uma nova baixa das taxas de juro, pela quinta vez desde novembro, reduzindo ainda mais os rácios das reservas obrigatórias dos bancos, num aparente esforço para conter a queda das bolsas locais.

A partir desta quarta-feira, a taxa de empréstimos a um ano e a taxa de depósitos a um ano vão diminuir em 25 pontos base, reduzindo-se para 4,60% e 1,75%, respetivamente, divulgou a instituição financeira na sua página na internet.

Em paralelo, o banco central chinês vai cortar em 50 pontos base o rácio das reservas mínimas obrigatórias impostas a determinadas instituições financeiras.

Também esta terça-feira, o Banco Popular da China injetou 150.000 milhões de yuan (cerca de 20,3 mil milhões de euros) para aumentar a liquidez do sistema financeiro do país.