Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Sines a “bombar”: há mais um gigante por aí

  • 333

Créditos: Administração do Porto de Sines

Uma semana depois de ter recebido o gigante MSC Zoe, o Terminal XXI do porto de Sines recebeu esta quarta-feira pela primeira vez o MSC New York, que também pertence à classe dos maiores porta-contentores existentes

O MSC New York, outro gigante nas águas de Sines, tem capacidade para transportar 16.652 TEU (a medida padrão para um contentor é 20 pés de comprimento). Tal como o presidente executivo da MSC Portugal, Carlos Vasconcelos, tinha referido ao Expresso durante as manobras de acostagem do MSC Zoe, “a operação de contentores em Sines vai disparar a partir de agora”. A entrada do MSC New York em Sines confirma o comentário de Carlos Vasconcelos.

O MSC New York chegou esta quarta-feira a Sines vindo do porto de Antuérpia. O seu destino é o Extremo Oriente, devendo rumar a “King Abdullah City”, na Arábia Saudita, depois de ter passado o Canal do Suez.

Tal como o MSC Zoe - que tem uma capacidade de transporte superior, de 19.224 TEU, ou seja, mais 2572 TEU que o MSC New York -, este gigante pertence à classe dos Ultra Large Container Ships (ULCS), medindo 399 metros de comprimento e 54 metros de largura (Boca).

Em Sines, o MSC New York embarca 2.258 contentores (correspondentes a 3.284 TEU), que serão transportados para Singapura e Xangai.

Carlos Vasconcelos prevê que em 2015 o Terminal XXI do porto de Sines esgote a sua capacidade máxima de 1,7 milhões de TEU e que em 2016 chegue aos 2,5 milhões de TEU.