Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Parlamento alemão aprovou terceiro resgate à Grécia

  • 333

O memorando de resgate a Atenas foi aprovado esta quarta-feira por 454 deputados no Bundestag. Mais de uma centena votaram contra

Jorge Nascimento Rodrigues

O Bundestag - a Câmara Baixa do Parlamento alemão - aprovou esta quarta-feira o terceiro resgate à Grécia por uma maioria de 454 votos, Votaram contra 113 e registaram-se 18 abstenções. Com um hemiciclo de 631 deputados estiveram ausentes 46.

Nas fileiras da CDU/CSU da chanceler Angela Merkel, 63 deputados votaram contra e registaram-se 3 abstenções. A 17 de julho, aquando da votação sobre o acordo obtido na cimeira do euro, 60 deputados da CDU/CSU votaram contra.

Na terça-feira, pronunciaram-se a favor os parlamentos de Espanha e da Estónia, bem como o subcomité de assuntos económicos do parlamento austríaco. O Congresso espanhol aprovou por 297 votos e registaram-se 20 votos contra e 5 abstenções. O Parlamento da Estónia aprovou por 50 votos e registaram-se 37 votos contra e 6 abstenções. A 14 de agosto, foi a vez do parlamento finlandês dar o sim. Anteriormente já haviam votado a favor do resgate os parlamentos da Letónia e de França e o governo da Lituânia.

Aguarda-se a votação no parlamento holandês, onde está a decorrer um acalorado debate.

Os parlamentos da Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Irlanda, Itália, Malta e Portugal não necessitam de reunir para deliberar sobre o resgate.

O conselho de governadores do Mecanismo Europeu de Estabilidade, que deverá financiar uma grande parte do pacote de resgate até agosto de 2018, reunirá por teleconferência ao final da tarde.