Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Economia portuguesa cresceu 1,5% no segundo trimestre

  • 333

Produto Interno Bruto subiu 1,5% no segundo trimestre em relação ao mesmo período de 2014, um valor inalterado face ao registado no primeiro trimestre, indica a estimativa rápida do INE. Já em relação aos três meses anteriores, a variação foi de 0,4%, também inalterada face ao registado no primeiro trimestre

As projeções de vários economistas apontavam para uma ligeira aceleração da economia portuguesa no segundo trimestre, mas ela acabou por não se verificar, segundo os dados da estimativa rápida do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados esta sexta-feira.

Os números do INE indicam que o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 1,5% no segundo trimestre em termos homólogos, isto é, em relação ao mesmo período de 2014. Uma taxa de variação igual á já observada no primeiro trimestre.

Já em relação aos três meses anteriores, o PIB aumentou 0,4% em termos reais no segundo trimestre, um valor também igual ao observado no primeiro trimestre.

Os dados detalhados sobre a evolução da economia no segundo trimestre só serão conhecidos mais para a frente, quando o INE divulgar os números das contas nacionais trimestrais.

Contudo, o INE avança já nesta estimativa rápida que para o crescimento homólogo do PIB “o contributo positivo da procura interna aumentou no 2.º trimestre, refletindo a aceleração do Investimento (sobretudo devido ao contributo da variação de existências, que passou de negativo no trimestre anterior para positivo) e, em menor grau, do consumo privado”.

Já a procura externa líquida “registou um contributo negativo significativo para a variação homóloga do PIB, verificando-se uma aceleração das Importações de bens e serviços a um ritmo superior ao das exportações de bens e serviços”.