Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Anbang vence corrida ao Novo Banco

  • 333

FOTO NUNO BOTELHO

Banco de Portugal inicia negociações exclusivas com o grupo chinês Anbang para comprar o Novo Banco, noticia o “Jornal de Negócios”

O grupo segurador chinês Anbang está a negociar em exclusivo com o Banco de Portugal (BdP) a compra do Novo Banco, segundo o “Jornal de Negócios”. Mas a norte-americana Apollo poderá ser chamada para uma ronda negocial se as negociações entre a Anbang e o Banco de Portugal falharem.

De fora da corrida fica a também chinesa Fosun, dona da Fidelidade e da Luz Saúde. O BdP não faz comentários.

Na sexta-feira passada, dia em que terminava o prazo para a entrega das propostas vinculativas, o BdP recebeu apenas uma proposta melhorada, por parte da Apollo, mas as outras duas, das chinesas Anbang e Fosun, que tinham sido apresentadas no final de junho, foram entretanto clarificadas. Esta clarificação permitiu ao BdP comparar as três propostas e tomar agora uma decisão.

Em comunicado enviado na sexta-feira ao final do dia, o BdP referiu que "as propostas vinculativas recebidas no dia 30 de junho continuam integralmente válidas, tendo sido entretanto objeto de clarificações no âmbito das discussões havidas com cada um dos três potenciais compradores". O supervisor dizia então que ia avaliar nas próximas semanas as propostas vinculativas, o que criou a expectativa de que a decisão fosse conhecida apenas no final de agosto.

O BdP frisava então que em função da avaliação efetuada "decidirá a melhor estratégia a seguir", deixando em aberto a hipótese de não vender o Novo Banco nesta fase, algo que, afinal, não se verificará.