Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Consórcio do empreendimento Colombo vende Torre Ocidente por €80 milhões

  • 333

Edifício foi adquirido por um fundo de investimento cotado em Singapura

O consórcio proprietário das Torres Colombo, em Lisboa, formado pelo Grupo Caixa Geral de Depósitos, Iberdrola Inmobiliária, CBRE Global Investors e Sonae Sierra, vendeu a Torre Ocidente por 80 milhões de euros, segundo fontes do mercado citadas pela Efe.

O edifício foi adquirido por um fundo de investimento cotado em Singapura, que através desta transação efetuou a sua primeira aquisição no mercado português, revela uma nota à imprensa entretanto enviada.

O complexo é composto por duas torres de escritórios com 14 pisos e uma área bruta de 29.000 metros quadrados cada e foi concluído em 2011 com a construção desta torre.

"Este negócio demonstra o reconhecimento de investidores internacionais na qualidade do ativo, bem como a confiança e interesse crescente no mercado português de escritórios", segundo a mesma fonte.

A nota divulgada esta segunda-feira não refere o montante do negócio, mas fontes do mercado, citadas pela agência espanhola Efe, afirmam que o mesmo totalizou 80 milhões de euros.

Os escritórios desta Torre Ocidente ficaram totalmente preenchidos com a entrada do grupo BNP Paribas em janeiro deste ano, que veio ocupar um total de 11.100 metros quadrados, distribuídos por cinco pisos e meio e uma loja.

O grupo francês juntou-se, assim, a empresas reconhecidas internacionalmente como a Sonae Sierra, Lilly Portugal, ManpowerGroup Solutions, Viacom e Arvato, que têm os seus escritórios na Torre Ocidente.

A Cushman & Wakefield foi a consultora imobiliária internacional que atuou em exclusivo em nome do consórcio vendedor.