Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Chumbado pedido de suspensão da AG da Pharol pelo representante de Granadeiro

José Carlos Carvalho

Os acionistas estão reunidos para decidirem se vão agir judicialmente contra antigos administradores da PT

Henrique Granadeiro não veio à Assembleia Geral da Pharol onde está a ser votada a decisão de agir judicialmente contra antigos administradores da PT SGPS, mas mandou um representante que pediu a suspensão da reunião. Pedido foi chumbado por 99,97% dos votos.

Nuno Líbano Monteiro, representante de Henrique Granadeiro, ex-presidente da PT SGPS, alegou, no seu pedido, falta de informação. Queria a suspensão por um período mínimo de 7 dias. Mas os acionistas da Pharol recusaram o pedido.

Os acionistas estão reunidos para decidir se vão agir judicialmente contra antigos administradores da PT SGPS responsáveis pelo investimento ruinoso de 897 milhões de euros na Rioforte.