Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

José de Mello Saúde lucrou mais 14,4% no primeiro semestre

  • 333

Com as receitas em alta nos seus hospitais privados, o grupo Mello conseguiu ampliar os ganhos da primeira metade do ano, lucrando 12,6 milhões de euros até junho

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A José de Mello Saúde fechou o primeiro semestre deste ano com um lucro de 12,6 milhões de euros, o que, numa base comparável com o mesmo período do ano passado, se traduziu num crescimento de 14,4%.

Na primeira metade do ano, informou a empresa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), as receitas da José de Mello Saúde cresceram quase 9% em termos homólogos, para 277,2 milhões de euros. Já os custos cresceram cerca de 8%, para 241,1 milhões.

No seu comunicado a empresa explica que a maior parte do crescimento da faturação veio dos hospitais privados (cuja atividade cresceu 12,9%), já que as receitas contratualizadas com o Estado tiveram um crescimento mais ligeiro (4%).

Com o aumento mais acentuado das receitas do que dos custos operacionais, o EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) melhorou 15,9%, cifrando-se em 36,1 milhões de euros até junho.

A José de Mello Saúde chegou ao final de junho com uma dívida líquida 12,3 milhões de euros mais alta do que em dezembro, o que a empresa explica com o investimento na expansão das suas operações e com o próprio cumprimento do serviço da dívida existente.