Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsa de Lisboa desvaloriza 0,16%

  • 333

Depois de ter aberto em terreno positivo, PSI 20 inverte tendência e cai 0,16%. Na Europa, as tendências são diversas

A Bolsa de Lisboa abriu hoje em terreno positivo, com o PSI20, o principal índice da praça lisboeta, a subir 0,49%, para os 5.895,16 pontos. Cerca das 8h50, porém, estava a desvalorizar-se 0,16%, para 5.856,84 pontos.

Também na Europa, as principais bolsas estavam hoje com tendências diversas, com os mercados mais calmos e sem grandes referências que possam orientar os investidores.

Cerca das 08:50 em Lisboa, o EuroStoxx 50, índice que representa as principais empresas da zona euro, estava a subir, mas apenas 0,02%, para 3.687,20 pontos.

As bolsas de Londres e Paris estavam em baixa, a recuarem 0,04% e 0,17%, respetivamente, enquanto as de Frankfurt, Madrid e Milão estavam a subir 0,07%, 0,10% e 0,01%.

Em Nova Iorque, Wall Street terminou na segunda-feira em alta ligeira, com o Dow Jones a subir apenas 0,08%, para 18.100,41 pontos, depois de ter subido a 19 de maio passado até aos 18.312,39 pontos, o atual máximo de sempre desde que foi criado.

Ao nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,0827 dólares, contra 1,0863 dólares no fecho de segunda-feira.

O Banco Central Europeu (BCE) fixou na segunda-feira o câmbio de referência da divisa europeia em 1,0852 dólares.

Na agenda de hoje, Espanha regressa ao mercado com um leilão, o último de julho, de 4.000 milhões de euros de dívida a 3 e 9 meses, quando já estão satisfeitas 66% das necessidades de financiamento para o corrente ano.

Por outro lado, a Grécia prepara-se para enfrentar na quarta-feira uma votação crucial para conseguir iniciar as negociações sobre o terceiro resgate, uma questão que o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, assumiu como prioritária.

O barril de petróleo Brent, para entrega em setembro, abriu hoje em baixa, a cotar-se a 56,54 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, menos 0,19% do que no encerramento da sessão anterior.