Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Odebrecht garante que pagamento de viagem de Lula nada teve a ver com Sócrates

  • 333

Lula da Silva discursou durante meia hora e elogiou José Sócrates por ter ido estudar, após deixar o cargo político

Odebrecht confirma que pagou a viagem de Lula da Silva a Portugal em outubro de 2013. Mas garante que não teve qualquer relação com a apresentação do livro de José Sócrates

"Nós trouxemos o presidente Lula a Portugal, sim, mas foi para as comemorações dos 25 anos da Odebrecht em Portugal. Não teve nada a ver com o livro de Sócrates". Fábio Januário, presidente da Odebrecht Portugal, confirma assim que a empresa pagou a viagem do antigo presidente brasileiro, mas nega qualquer relação com Sócrates.

Em causa está a notícia de que a Odebrecht financiara em outubro de 2013 a viagem do antigo presidente do Brasil a Portugal para apresentar o livro de José Sócrates. Fábio Januário diz que, ao contrário, Lula foi convidado "para uma cerimónio pública da Odebrecht, onde aliás estavam muitos jornalistas portugueses, para falar das relações entre Portugal e Brasil". Se depois Lula se juntou à apresentação pública do livro de José Sócrates, foi por iniciativa pessoal, justifica.

Recorde-se que Lula da Silva está a ser investigado no Brasil por tráfico de influências devido à ligação precisamente à construtura Odebrecht, que lhe pagou várias viagens ao estrangeiro, alegadamente para usar a sua influência em mercados internacionais.

A gigante Odebrecht está envolvida na investigação Lava Jato - que se debruça sobre um suposto esquema de cartel no âmbito do qual grandes empresas de construção civil e políticos brasileiros terão pilhado 1,7 mil milhões de euros à Petrobras, naquele que será o maior esquema de desvio de verbas até hoje descoberto no Brasil.