Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

TAP quer voar para a Índia dentro de um mês

  • 333

RAFAEL MARCHANTE / Reuters

Companhia aérea pediu autorização para voar para Nova Deli e Bombaim, na Índia, através de um acordo de voos partilhados com a Air India

"Trata-se de um acordo de code-share (voos partilhados) com a Air India que já está fechado, faltando resolver as questões burocráticas para entrar em vigor, o que deverá acontecer em pouco mais de um mês”, adianta fonte oficial da TAP ao Expresso.

Foi publicado esta quarta-feira em “Diário da República” o pedido de autorização que a companhia entregou à Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC) e, conforme explica fonte oficial da empresa, o regulador tem agora 15 dias para dar parecer, bem como as autoridades dos pontos intermédios que vão ser utilizados: Londres, Frankfurt, Roma e Milão.

De acordo com a informação disponibilizada pela ANAC à Lusa, “dado que se trata de duas rotas com direitos de tráfego limitados”, as companhias interessadas em realizar estas rotas têm dez dias úteis a contar da data da publicação deste aviso, portanto, até dia 25 de julho, para se “pronunciarem sobre a mesma ou apresentar requerimento nos termos do artigo 5.º do referido decreto-lei”.