Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lena nega detenções

  • 333

O grupo Lena desmente que algum elemento seu tenha sido detido, mas a PJ prendeu hoje dois suspeitos de fraudes na atribuição de subsídios europeus e um deles, de acordo com o Público, é gerente de ua empresa do grupo.

O grupo Lena confirma a existência de buscas esta manhã à sua sede, mas desmente que se tenha verfica alguma detenção ligada ao grupo. "Ninguém do topo da empresa tem conhecimento de que algum elemento tenha sido detido. Deve haver confusão", referiu ao Expresso uma fonte oficial. Além disso, "as alegadas irregularidades não envolvem qualquer empresa do universo Lena", acrescentou a mesma fonte.

No entanto, segundo o Público, a PJ deteve hoje o gerente da Eneolica, uma empresa que será do Grupo Lena. A administração da Lena "não sabe com rigor qual o âmbito das buscas", e está até à procura de informações concretas para tomar uma posição oficial. através de um comunicado.

A operação da Polícia Judiciária visou empresas ligadas às energias renováveis e levou à detenção de dois suspeitos. Em causa estão práticas fraudulentas na obtenção de subsídios do Estado no valor de 15 milhões de euros. Uma das empresas citadas é a Eneolica, do universo Lena, mas o grupo de Leiria desmente seu envolvimento.