Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Plano grego anima mercados

  • 333

FRANK RUMPENHORST / EPA

PSI-20 lisboeta abre no verde, seguindo a tendência de toda a Europa. Mercados seguem animados com as novas propostas gregas enviadas ontem ao Eurogrupo por Alexis Tsipras

A Bolsa portuguesa segue, no início, desta manhã a negociar no verde, depois da apresentação, ontem, por Alexis Tsipras, do novo pacote de reformas grego. O PSI-20, o principal índice bolsista, chegou a ganhar acima dos 2%, está agora a negociar nos 1,73%. Neste arranque, todas as cotadas seguem em alta. Destacam-se a Mota-Engil (4,66%), a Altri (3,54%) e o Banco BPI (3,5%). Os CTT, depois do anúncio da redução da posição da Morgan Stanley (para 3,2%) no seu capital social, está a ganhar 1,54%.

Seguindo esta tendência estão também os principais índices bolsistas da Europa, que abriram esta última sessão da semana em terreno positivo. A manter-se a tendência, este será o terceiro dia consecutivo de ganhos registados. As notícias vindas da Grécia, assim como o tom positivo com que as propostas helénicas foram ontem recebidas pelos vários intervenientes europeus, estão a contribuir para os ganhos bolsistas.

Este alívio das tensões na Grécia tem contribuído para uma descida das yields da dívida soberana no país e para uma valorização do par EUR/USD, que negoceia a 1,1114.  

O sector financeiro lidera os ganhos (+3,05%) seguidos pelo sector de healthcare (+2,67%). A nível individual, e num dia globalmente positivo, realce para a outperformanceda seguradora Axa (+4,30%), do banco francês BNP Paribas (+3,97%) e do banco espanhol Santander (+3,43%). 

Nas matérias-primas, os futuros do cobre avançaram, devido ao USD mais fraco e à segunda maior valorização intra-diária nas acções da China continental desde 2008.