Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Pires de Lima apela à nova PT que cumpra promessas e não despeça

  • 333

FOTO ANDRÉS KOSTERS / LUSA

Ministro deixa muitos recados ao novo presidente da empresa. “Uma forma de criar emprego é pagar a horas”, diz, a propósito do atraso no pagamento a fornecedores

"Vamos estar atentos às declarações prestadas [por Armando Pereira, presidente da PT Portugal] de que não irá haver despedimentos. É uma empresa que emprega muita gente", afirmou esta quinta-feira António Pires de Lima, ministro da Economia, no lançamento do programa da PT para a Economia Digital.

Foi um discurso cheio de mensagens o que Pires de Lima fez na primeira conferência de imprensa em que esteve presente Armando Pereira, o acionista português da Altice, a nova dona da PT Portugal. O ministro da Economia apelou a Armando Pereira que cumpra a sua palavra e não faça despedimentos na PT Portugal.

Mas não só: Pires de Lima sublinhou a importância de pagar aos fornecedores a horas, lembrando que se destroem 14 mil postos de trabalho por ano em Portugal por causa dos pagamentos feitos acima de 90 dias.

"Uma forma de criar emprego é pagar a horas", frisou. A PT Portugal tem, conforme o Expresso, noticiou, o pagamento a fornecedores atrasado ou mesmo congelado há dois e três meses.