Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portugal já não fica a ver passar navios

  • 333

“The Anthem of the Seas” é considerado o último grito da indústria 
de cruzeiros. Em 2015 chegará oito vezes a Lisboa em escala, 
sendo a próxima a 1 de julho

Tiago Miranda

Perante o forte crescimento da indústria de cruzeiros, 
os portos de Lisboa e Porto preparam-se para receber navios cada vez maiores

Falam vários idiomas, inundam a cidade com o seu ar exótico e literalmente fazem parar o trânsito: os turistas que vêm dos cruzeiros mudam a paisagem de Lisboa, sobretudo em dias de pico com navios a chegar em simultâneo, gerando um movimento anormal de autocarros de excursões, city tours ou mesmo de tuk tuks.

Mas são maioritariamente turistas em trânsito por umas horas e que não pernoitam na cidade. Lisboa prepara-se agora para dar um salto quântico, com o novo terminal que vai ficar concluído em 2016, equipado para grandes navios de cruzeiro poderem fazer embarque e desembarque de passageiros e bagagens e já não apenas escalas de um dia. Também o porto de Leixões investiu em melhorias para receber um maior volume de cruzeiros.

Leia mais na edição deste fim de semana