Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Novos donos da TAP apresentam-se aos trabalhadores. “O que eu mais gostava era de ter agora 40 anos”

  • 333

D.R.

Primeiro assinaram o contrato-promessa com o Estadodepois anunciaram o que vão fazer com a TAP e de seguida apresentaram-se a cerca de 250 trabalhadores da companhia aérea portuguesa. Humberto Pedrosa foi mais expressivo e caloroso neste encontro com os funcionários do que na conferência de imprensa com os jornalistas, na qual foi Neeleman que apresentou o plano estratégico.

 “O que eu mais gostava era de ter agora 40 anos”, disse o dono da Barraqueiro aos funcionários da TAP, a propósito do entusiasmo que sente com este projeto.

Humberto Pedrosa e o norte-americano David Neeleman, dono da companhia aérea brasileira Azul, passaram a tarde desta quarta-feira nas instalações da TAP, onde estiveram reunidos com cerca de 250 quadros de diferentes áreas da empresa.

O consórcio Gateway, controlado por Humberto Pedrosa, apresentou-se e explicou o plano estratégico que tem para a TAP: investir até 800 milhões de euros na capitalização da empresa e na renovação da frota. Esperando que a TAP regresse aos lucros no próximo ano, o consórcio promete não despedir ninguém durante um período de três anos.