Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Guy Pacheco vai ser o financeiro da PT Portugal

  • 333

Há novos elementos na equipa de gestão da PT Portugal e a opção da Altice foi por quadros da casa

Ainda sem presidente-executivo nomeado, a Altice vai anunciando a composição da nova gestão da PT Portugal, e há três quadros da operadora que foram chamados para a equipa. Guy Pacheco, diretor de planeamento e controlo, na PT desde 2001, será o administrador financeiro (CFO), Luís Nascimento foi nomeado diretor para a área de consumo e Mário Seborro ficará com a direção da área empresarial, noticiou o Negócios.

A PT Portugal ainda não confirmou oficialmente a informação, mas ao que o Expresso apurou Guy Pacheco ficará com o cargo que antes era ocupado pelo brasileiro Marco Schroeder, o gestor que ocupou a cadeira quando Luís Pacheco de Melo se demitiu. Guy Pacheco tem uma longa experiência de 14 anos no grupo PT, onde entrou em 2001 com analista da PT.Com. Passou por algumas empresas do grupo, entre elas a TV Cabo (ZON), a PT Pro e PT Centro Coorporativo. Era também membro do comité de auditoria da Fundação PT. Tem estado ligado à área financeira, mas também teve responsabilidades na implementação da rede de fibra óptica.

Luís Nascimento herda o pelouro de Pedro Leitão, gestor que chegou a negociar com a Altice a subida à presidência executiva da PT Portugal, a dona do Meo. Nascimento era uma espécie de braço-direito de Pedro Leitão. Mário Seborro fica com as áreas que estavam nas mãos do antigo administrador Carlos Duarte.

Presidente a caminho
Armando Pereira, o acionista português da Altice, deverá anunciar em breve o nome do futuro presidente-executivo da PT Portugal. Tudo indica que deverá ser um português, mas a identidade continua no segredos dos deuses. Com Armando Pereira entraram João Zúquete da Silva (ex-Cabovisão) e Alexandre Fonseca (ex-Oni).

A Altice tem dito que irá reduzir substancialmente o número de cargos de chefia. Haverá também menos administradores.